sábado, 1 de agosto de 2009

“Interações Estéticas - Residências Artísticas em Ponto de Cultura”

“Esta Iniciativa Integra o Prêmio de Interações Estéticas – Residências Artísticas em Pontos de Cultura”.

PIASSA e o CUCA Salvador BA. na 6º BIENAL da UNE.
http://www.youtube.com/watch?v=UHR0touIwdY PIASSA®
Circuito Universitário de Cultura e Arte – CUCA da UNE.



Projeto Oficina de Interações Estéticas.

Atividades Desenvolvidas.

Primeira Semana.
Foram realizados encontros com os usuários do Ponto de Cultura para se definir as estratégias a serem tomadas e as técnicas que seriam empregadas na elaboração do Totem e do disco de Bronze que seria instalado no solo de Salvador.

Também se definiu a participação na Bienal da UNE 2006, com os produtos desenvolvidos durantes as oficinas e que foram expostos durante a mostra de arte que integrou a Bienal, e que contou com a presença do secretario de Projetos do Ministério da Cultura Célio Turino e da presidente da UNE Lúcia Stumpfa que junto com o secretario nos deu a honra de inaugurar o disco Marco de Bronze produzido durante as oficinas no Ponto de Cultura CUCA da UNE.

Segunda Semana.

Foram realizadas as oficinas de grafismo e definindo a mensagem que seria escrita no disco de Bronze. E se definiu que seria a mensagem que faz parte da palestra sobre as estratégias do amor "Acredito que o amor existe por isso vivo sem grandes conflitos” formamos dois grupos:


Um desenvolveu e definiu como seria esse circulo enquanto o outro ia trabalhando com argila que posteriormente e em tempo recorde foram fundidas em Bronze, o que possibilitou a participação na Bienal.


Terceira Semana.


Participamos da Bienal com os produtos desenvolvidos nas oficinas do Ponto de Cultura CUCA e incrementamos, transferindo a oficina para o local da mostra e abrindo espaço para a participação dos visitantes da mostra que tiveram a oportunidade de interagirem com nossa produção que passaram a criar junto.



O que foi de muita valia já que ouve um entrosamento comunidade Ponto de Cultura e comunidade estudantil de todo o Brasil que aqui estiveram e marcaram presença na 6° Bienal da UNE 2009 quer na oficina do Ponto de Cultura que se instalou na mostra.



Ou na palestras sobre o amor e suas facetas, 1- Agápe amor baseado em princípios amor incondicional, 2- Storgé amor entre familiares, 3- Filía amor entre amigos, 4- Éros amor romântico. Essa palestra se concretizou com a construção de um objeto de arte que serve de identificação e localização dentro da comunidade "Totem Pergaminho Filosófico Cultura" que preserva a Historia local e individual de seus membros num pergaminho que fica na parte interna do corpo do Totem.

Com essas missões e interações estéticas, credito estar contribuindo para dar visibilidade a toda sociedade que os Pontos de Cultura são seleiros e articuladores da Paz, e viabilizar a construção de um imaginário novo, onde possamos transformar o conceito do herói guerreiro no herói pacifista.



A paz já não é uma expressão da vontade dos poderosos, mas uma expressão da vontade coletiva de se viver em paz.

Todos juntos somos uma superpotência se unirmos como sociedade poderemos cada dia mais implementar e ver se concretizar a cultura de paz que tanto desejamos.


Quarta Semana.

Após a participação na Bienal onde nos revezemos já que a mostra abria no período matutino e avançava ao vespertino e ia ate o noturno resolvemos em reunião dar uns dias de descanso a todos os participantes e retornar após o carnaval já que Salvador praticamente para em virtude dessa festa popular. Muitas das experiências adquiridas na Bienal iremos por em pratica, pois convidamos outros artistas que participavam da bienal a interagirem em nossa oficina como o artista plástico Alexandre do Ponto de Cultura do Crato Ceará.


Produtos Gerados:

Produzimos o corpo do
Totem em Polietileno e varias peças em argila que foram fundidas em Bronze alem das inúmeras garatujas, esculturas objetos e desenhos das mais diversas técnicas que iremos direcionar ate o final do projeto.


Resumo da oficina.

As esculturas (Totem) que denomino de Pergaminho Filosófico Cultural são compostos por colagens, grafismo, textura e pintura. São interativos e contam com a participação direta de membros de determinadas comunidades na sua composição.


Promovem uma relação entre pintura, colagem, objeto, instalação e intervenção.

Tudo leva a uma noção de ambiente, de criação de uma atmosfera onde a vida, a mais comum possível, possa ser vivida e experimentada graficamente, seja na garatuja da base, seja nas intervenções em relevo no corpo que compõe a escultura.
Propõe-se, antes de tudo, a ser, também, uma carta para o futuro das comunidades envolvidas.
.

Os participantes são instados a expor, á sua maneira (mediante desenhos coloridos e bem-elaborados ou simples garatujas - não importa – ou, então por colagens, grafismos e outras eventuais formas) sua condição sócio-cultural atual e o que almejam para o futuro.



Todos os membros de determinada comunidade têm livre acesso á participação nessa obra interativa: crianças, jovens, adultos, e idosos de ambos os sexos. Cabe-me fazer o arremate da obra, de forma a lhe dar a conotação de objeto de arte. Feito isso é elaborada a seguir uma base (igualmente com as manifestações dos participantes).



A proposta é depois de certo tempo, (que determinei, aleatoriamente, que seja de 2 a 5 anos), desenrolar esses pergaminhos para saber, através do que ali os participantes deixaram registrados, se eles evoluíram ou não, econômica, social e culturalmente. Quantos dos seus objetivos foram alcançados? Qual o grau individual e/ou coletivo de progresso (ou retrocesso) que se atingiu? Quem, e por que, não saiu do lugar em termos de evolução material e/ou cultural?

“Esta Iniciativa Integra o Prêmio de Interações Estéticas – Residências Artísticas em Pontos de Cultura”.

Bienais com Piassa.
http://www.youtube.com/watch?v=9IHCm8wwT8g PIASSA®

4 comentários:

Manuela freitas disse...

Piassa tive a oportunidade de conhecer seu trabalho na Bienal e sinceramente te achei o maximo nunca vi tanta sabedoria reunida numa só pessoa virei teu fã lindo artista.

Manuela freitas.

Anônimo disse...

Piassa tive a oportunidade de conhecer seu trabalho na Bienal e sinceramente te achei o maximo nunca vi tanta sabedoria reunida numa só pessoa virei tua fã lindo artista.

Manuela freitas.

Anônimo disse...

PIASSA,
VOCÊ É UM ARTISTA NATO, IMAGINO O QUANTO É GRANDE A SUA SABEDORIA, OBRIGADA EM NOS MOSTRA O SEU TALENTO. A bIENAL FOI COMPLETA COM A SUA PRESENÇA.
SUCESSO!!!

TEKA.

Anna Steiner disse...

Anna Steiner disse...
Lindo artista você com sua arte me emocionou não só pelo seu talento, mas pela sua sensibilidade e coragem em buscar os fraguimentos desses anônimos com sua arte, você é lindo Piassa artista maravilhoso, espero um dia poder me encontrar com você para lhe dar não só um grande abraço mais um grande beijo em tuas abes mão e me reverenciar pelo prazer de telo a minha frente parabéns e que teu caminho seja largo como a tua incansável caminhada. Artista como você nasceram para quebrar conceito e vencer barreiras que o cosmo conspire ao teu favor e que Deus o proteja eternamente.

Anna Steiner